Como fica o direito a acompanhante com a ampliação da nova lei?

Antes dessa ampliação, a lei garantia o direito a acompanhamento somente nos casos de parto ou para pessoas com deficiência, e esse direito alcançava apenas o serviço público de saúde.
Com a ampliação da lei, agora as mulheres terão o direito de ter um acompanhante de sua confiança em consultas, exames e procedimentos de saúde em unidades públicas e privadas.

Facebook
WhatsApp
LinkedIn

Doe uma chance!

Doar sangue é um ato de amor e esperança. No Dia Mundial do Doador de Sangue, lembre-se de que sua doação pode ser o milagre

Saiba mais »
plugins premium WordPress